Como funciona o seguro desemprego e como utilizá-lo de forma sábia

O seguro desemprego ajuda os trabalhadores que perderam seu emprego recentemente para conseguir se sustentar sem perder bens até que consigam voltar para o mercado de trabalho. As peculiaridades desse problema crônico da sociedade como um todo fica ainda mais evidentes em tempos de crise econômica. Para ser mais efetivo o seguro desemprego parte de um fundo que gerencia todo esse dinheiro para o distribuir de forma regular e conforme regras.

Com a turbulência do cenário político e econômico  torna-se mudou muitas regras de programas sociais do país principalmente os de auxilio, como é o caso do seguro desemprego. Todas essas discussões, quando vieram à tona muitas opiniões divergentes se fizeram presentes no debate democrático de instituições e publicamente nas redes sociais.

Hoje em dia fica cada vez mais difícil ter a segurança de que realmente será beneficiado pelos sistemas do governo e essa desconfiança toda de fato serve para alguma coisa. Todos os meses gasta-se duas vezes, um pelos descontos diretamente feitos pelo governo para quem trabalha com carteira assinada e também para instituições privadas, afim de economizar o dinheiro e ter a certeza que poderá utilizá-lo em tempos de dificuldades econômicas.

A verdade é que hoje o brasileiro, principalmente das classes D e E não se sentem seguros para ter os benefícios nem das instituições privadas e nem públicas de modo que torne uma situação de insegurança e se transforme em um grande problema social.

Do ponto de vista das empresas o seguro desemprego é uma forma de assegurar que a demissão de um funcionário não venha a prejudicar o funcionário demitido a ponto que ele não consiga se restabelecer dentro do mercado de trabalho novamente. Poucas delas dão auxílios e o pagamento correto do contrato de rescisão de trabalho ajuda muito para que essa realidade seja cada vez mais amenizadas em troca de um ambiente de trabalho saudável e seguro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *